Principal Nacional Melhor que um quadrado preto

Melhor que um quadrado preto

Maison Black, um novo site de e-commerce, é um lembrete de que raça é tudo ... e nada.

Houve muitos quadrados pretos postados nas redes sociais no ano passado em apoio aos negros. E parece que praticamente todos os setores começaram a considerar - séria ou superficialmente - seu histórico de diversidade e inclusão. Race ganhou cada vez mais destaque na indústria da moda ao se tornar um teste de tornassol e uma faísca, um grito de guerra e uma ferida aberta. A ideia do site de comércio eletrônico Casa Preta não nasceu do turbilhão de 2020, mas se beneficia das sensibilidades aumentadas que o ano agitou.

Maison Black é o sonho de um empresário que chama a atenção de celebrar os designers negros. É também um lembrete de que a raça é tudo ... e absolutamente nada.

A ideia surgiu há cerca de cinco anos, quando a fundadora Tori Nichel Gibbs se preparava para um evento e percebeu que não se encaixava mais nas opções que já estavam em seu armário. Ela queria usar o trabalho de um designer Black, mas percebeu que não havia uma maneira fácil de comprar suas coleções se você ainda não soubesse exatamente quem eles eram. E se isso consumisse tanto tempo para alguém como ela, alguém que trabalhou com moda por anos em marcas como Kenneth Cole e Tibi, quão desafiador deve ser para o consumidor médio que queria apoiar seu ativismo com seu poder de compra ?

A história do anúncio continua abaixo do anúncio

A Maison Black finalmente foi lançada na semana passada com coleções de meia dúzia de homens e mulheres, cada um deles com experiência substancial na Sétima Avenida. Antes de o site ir ao ar, esses designers apresentaram uma pequena amostra de sua estética em um desfile em Detroit. Foi uma volta ao lar para eles, assim como para Gibbs, que cresceu nos arredores da cidade em West Bloomfield. E apesar de ter construído uma carreira na moda em Nova York - sob o nome de Tori Nichel - ela mantém uma afeição por Detroit, suas raízes industriais e suas possibilidades renovadas desde que saiu da falência em 2014.

Por que 8 de março é o Dia Internacional da Mulher? - Nova ...

O evento atraiu não pouca atenção dentro do mundo da moda, tanto que Gibbs, que é negro, ainda parecia impressionado vários dias depois. Eu sei que estou trabalhando com designers fenomenais, mas para alguém que está nos bastidores por duas décadas ... é incrível, diz ela. Os holofotes foram particularmente brilhantes, em parte porque a empresa de moda italiana Bottega Veneta também havia pulado de paraquedas na cidade predominantemente negra para seu próprio desfile. O diretor criativo da marca, Daniel Lee, foi atraído por Detroit por seu amor por música techno e carros. A pegada substancial de Bottega Veneta na indústria atraiu um grande contingente de editores, que ficaram intrigados tanto com a história de Detroit quanto com a maneira como a cidade está sendo apresentada como um caldeirão artístico.

O tempo é tudo, e a Maison Black's é impecável, mesmo que seja um pouco acidental.

A história do anúncio continua abaixo do anúncio

No arco entre o conceito e a execução, a cultura mudou. A inclusão estava em primeiro plano. Iniciativas de networking surgiram, bolsas de estudo para aspirantes a designers foram criadas, bancos de empregos estavam se aproximando, varejistas de massa prometiam estocar mais marcas de propriedade de negros e a indústria como um todo prometia fazer melhor.

Todos diziam que iam fazer coisas pela comunidade negra ou BIPOC, diz Gibbs, referindo-se aos esforços para combater também a desigualdade entre aqueles que se identificam como indígenas ou negros. Mas ela pensou: nós merecemos algo mais.

Dragon Ball Z: Budokai Tenkaichi 3

A variedade de sensibilidades na passarela - sedas com estampas vivas, ternos bem ajustados, roupas esportivas índigo, prêt-à-porter unissex, macacões cintilantes - foi um lembrete de que a única coisa que ostensivamente ligava esses designers, além de ter em algum ponto chamado Detroit de casa , era corrida. Isso foi fundamental para o evento. No entanto, sua própria centralidade era prova de quão pouco importava em última análise.

A história do anúncio continua abaixo do anúncio

Aqui estavam essas almas criativas unidas porque tantos designers negros por muito tempo se tornaram desconhecidos, subestimados ou subestimados. Não eram recém-formados em escolas de design sem experiência no mundo real. Com toda a probabilidade, a pessoa comum usa roupas que seus olhos perspicazes perceberam. Na pressa de abrir portas de oportunidade para os recém-chegados, há veteranos que merecem um pouco de sol. Shawna McGee projetou para Donna Karan, Anne Klein e Ralph Lauren. Aaron Potts participou das coleções da Victoria’s Secret e da Ellen Tracy. Nicole King trabalhou para a Gap. Sharryl Cross trabalhou para J. Crew e Juicy Couture. A experiência de Isaiah Hemmingway é evidente na Tory Burch.

Box Trilogia O Senhor dos Anéis Capa dura - Amazon

E embora a pessoa média possa não ter usado um dos vestidos extravagantes de Kevan Hall, ela certamente os admirou quando flutuou no tapete vermelho. Talvez você tenha ouvido o nome dele quando Debra Messing ou Sandra Oh ou Felicity Huffman responderam à pergunta: Quem você está vestindo?

Pode ser complicado pedir a alguém que delineie seu trabalho vinculando-se a uma comunidade específica. O que significa se declarar um designer Black quando existem milhares de outros adjetivos que melhor descrevem o seu trabalho? Pode parecer forçado ou constrangedor. Todos os estilistas que aparecem no site são negros, mas isso não tem nada a ver com suas roupas. Essa distinção é simples, mas também é um conceito historicamente desafiador para a indústria da moda compreender. Muitas vezes, a negritude é tratada incorretamente como um destino estético.

O mundo da moda gosta de juntar estilistas negros ou simplesmente descartá-los. Mas em Detroit, diante de um público reunido dentro de uma fábrica de automóveis histórica que foi transformada em um museu, designers negros se definiram. Eles se inclinaram para a corrida em seus próprios termos. E em uma noite em que eles escolheram brilhar como um, sua individualidade foi cegante.

Artigos Interessantes